Produtos Kalita na loja Tenman-Ya

Produtos Kalita na loja Tenman-Ya. Durante a quarentena, começamos a comprar nossos cafés e acessórios de forma online. Afinal, nós somos muito cuidadosos e queremos tomar muitos e muitos cafés nessa vida! E buscando acessórios para o preparo de café, encontramos uma loja super...

Leia mais

Conheça a cafeteira Wacaco Nanopresso

Conheça a cafeteira Wacaco Nanopresso. Você viaja muito e gosta bastante de café espresso? Então essa cafeteira portátil é para você. Wacaco Nós ficamos conhecendo a marca WACACO há uns 3 anos, pesquisando na internet por métodos de preparo. Aliás, gostamos muito do conceito...

Leia mais
Dicas | Máquina de Espresso 24 de janeiro 2018

Limpeza da Máquina Nespresso Inissia

Limpeza da Máquina Nespresso Inissia

Ter um café de qualidade é também se preocupar com a limpeza do seu equipamento, além de outros pontos importantes.

Portanto, como a máquina Nespresso é uma das mais populares nas casas dos amantes de espresso, selecionamos esse vídeo do modelo Inissia, que vai ajudar você a entender como fazer a limpeza da sua máquina de espresso. Aliás, para que você continue saboreando um café de qualidade.

Você já costuma fazer esse procedimento com regularidade? Desde a primeira vez que soubemos dessa informação, fazemos regularmente por aqui.

Conte pra gente nos comentários sua experiência!

Mais informações sobre esse modelo de máquina:  http://www.nespresso.com/inissia/pt_BR

Sobre a Nespresso

Nespresso é uma marca da Nestlé Nespresso S. A., uma unidade operacional do Grupo Nestlé, com sede em Lausanne, Suíça.[1] As máquinas da Nespresso preparam café expresso em cápsulas de café, ou pods em máquinas de bar,[2] um tipo de recipiente de uso único contendo grãos de café moídos pré-porcionados com adição de aromas. A empresa vende seu sistema de máquinas e cápsulas de café de todo o mundo, bem como o sistema VertuoLine, na América do Norte. Fonte: Wikipedia

Rick e Aline
Um casal apaixonado por cafés compartilhando experiências
Cafés especiais | Método de Preparo 20 de janeiro 2018

Fazer café na Prensa Francesa

O estilo de café na “French Press” ou Prensa Francesa produz um café muito mais rico, aromático e saboroso.

Fazer café na Prensa Francesa

Para esse tipo de método ele usa uma moagem de café mais grossa, que, basicamente, penetra na água de infusão durante vários minutos, permitindo que todos os sabores do café sejam extraídos por completo.

Fazer café na Prensa Francesa

Uma prensa francesa tem duas partes: um recipiente do lado direito, geralmente feito de vidro, e um filtro-êmbolo que empurra a água para filtrar o café depois de ter mergulhado.

Este êmbolo também serve como tampa. Existem alguns modelos de Prensa Francesa que são isolados, o que é bom para manter o café quente enquanto ele sobe.

Para preparar café com a Prensa Francesa, você deve escaldar com água quente o recipiente enquanto você ferver sua água. Quando estiver pronto, esvazie o recipiente, adicione o seu café e adicione a sua água quente. Você pode mexer o café para garantir que todos eles estejam em contato com a água. Agora você deve colocar o êmbolo / tampa no pote para ajudar a reter o calor. Atenção, não pressione-o para baixo ainda, deixe descansar por cerca de quatro minutos (um pouco mais ou menos, dependendo da moagem do grão).

Depois de aguardar, abaixe lentamente o êmbolo pressionando até o fundo.

Não force o êmbolo. Se tiver dificuldade na primeira vez, basta levantar o êmbolo ligeiramente e tentar novamente.

Fazer café na Prensa Francesa

O ideal é servir na hora o café ou adicioná-lo em outro recipiente térmico. Se você deixar o café na Prensa Francesa, ele permanecerá em contato com a moagem e isso pode arruinar o seu café. Outro motivo principal para servir na hora o seu café, é para manter o calor. Algumas Prensas Francesas não são bem isoladas e o café esfria muito rápido.

Agora é só aproveitar o seu café feito na Prensa Francesa!

Com o tempo você vai aperfeiçoar esse modo de preparo e entender os grãos que mais aprecia nesse método. Já tem um grão favorito para a Prensa Francesa?

Conte pra gente nos comentários!

Rick e Aline
Um casal apaixonado por cafés compartilhando experiências
Amamos Cafés | Receita 11 de janeiro 2018

Receita – Latte Paçoca Espresso

Olá pessoal!

Vocês pediram no nosso instagram, a receita dessa bebida cafeinada que experimentamos no último fim de semana.

Então segue a receita abaixo:

Receita: Latte Paçoca Espresso

Ingredientes:

200 ml de Leite;

1 xícara de espresso;

2 Paçocas, de preferência aquelas quadradinhas que vêm em pacote individual;

1 colher de doce de leite.

Modo de Preparo:

Em uma taça, coloque primeiro no fundo 1 paçoca. Em seguida, acrescente a colher de doce de leite e reserve.

Faça o leite vaporizado (é necessário ter uma máquina com essa opção), despeje o leite lentamente por cima do doce de leite e reserve a espuma.

Chegou a vez do nosso cafezinho, extraia na hora um espresso e jogue por cima do leite, pois como ele foi vaporizado, sua textura ficou mais firme para receber o espresso, que agora ficou por cima criando uma camada incrível.

Agora coloque a última camada sobre o espresso, que é aquela espuma cremosa do leite, e finalize quebrando em pedacinho da sua última paçoca e pronto!

Bons cafés!!!

Receita: Latte Paçoca Espresso

 

Rick e Aline
Um casal apaixonado por cafés compartilhando experiências
Amamos Cafés | Curiosidades 06 de janeiro 2018

Qual é o seu tipo de café favorito?

Qual é o seu tipo de café favorito?

Essa semana publicamos no instagram apenas 4 opções para vocês escolherem.  Mas sabemos, por experiência própria, que foi difícil escolher uma só!

Então agora vamos dificultar um pouquinho e vamos dar 22 opções rs…

Qual é o seu tipo de café favorito?

Esse infográfico, criado pelo Viver de Blog, representa de forma ilustrativa um pouco de cada tipo que você pode apreciar o seu delicioso café saindo da rotina.

Qual você escolhe como favorito? Deixe nos comentários!

Qual é o seu tipo de café favorito?

Cafés Especiais: Conheça a nossa História

Muitos seguidores nos perguntam como começou nossa história com os Cafés Especiais. E, por isso, resolvemos atender aos pedidos e escrever esse post. E você, também quer saber? Voilà!

1 – Início da nossa história
Nossa história com os cafés especiais começou quando sentimos a necessidade de consumir um café de maior qualidade, pois o convencional estava nos fazendo mal, literalmente. E agradecemos muito por isso ter acontecido, pois nos serviu de estímulo!

2 – Próximo passo
E para isso acontecer, tínhamos que pesquisar para saber onde encontrar cafés de qualidade superior. Após consultar a internet e também pessoas, encontramos uma “luz no fim do túnel”.

Sim, e essa luz se chama Starbucks. Começamos comprando todos os cafés que eles comercializavam na época e pedíamos para moer, afinal, ainda estávamos começando nesse mundo fantástico dos Cafés Especiais.

Nossa, que mudança. A sensação foi incrível, pois além do sabor ser completamente diferente, não nos fez mal. Mas tinha um detalhe que ainda nos incomodava: açúcar.

3 – Sem açúcar
Ainda adoçávamos o café, mas queríamos sentir ainda mais as notas sensoriais dos cafés. Dito isso, resolvemos partir para mais uma mudança. Mas qual? Diminuir o açúcar aos poucos para acostumar o paladar.

Foi difícil no começo, mais aos poucos, acredite, o paladar se acostuma. Tanto que conseguimos diminuir até, finalmente, parar. Ficamos muito satisfeitos, pois, a partir daquele momento, iríamos sentir ainda mais as diferenças entre os diversos cafés que comprávamos.

4 – Evolução
Nesse meio tempo, já estávamos equipando nossa casa com acessórios que nos auxiliavam-no preparo dos cafés em diferentes métodos, como: cafeteira Nespresso, cafeteira italiana, prensa francesa, V60 e mais! E claro, sempre visitando cafeterias que trabalhavam com cafés especiais e participando de workshops.

Mais mudanças? Sim, com o conhecimento que estávamos adquirindo, resolvemos que a gente queria comprar café direto do pequeno e médio produtor. E essa experiência, além de bacana, ainda ajuda a cultura dos cafés especiais se desenvolver ainda mais.

5 – Conclusão

Bom, resumimos um pouco da nossa história com os Cafés Especiais. Nós amamos provar cafés diariamente, aprender, conhecer pessoas e, principalmente, colaborar para difundir ainda mais a cultura dos Cafés Especiais. Afinal, nada mais justo do que sabermos a origem do café que estamos bebendo, né?

 

 

Rick e Aline
Um casal apaixonado por cafés compartilhando experiências
Amamos Cafés 01 de janeiro 2018

Feliz 2018

Feliz 2018

Estamos preparando o blog do Amamos Cafés há alguns meses.  Porém, acabamos esperando pelo primeiro dia de 2018 para poder  inaugurá-lo oficialmente!

Feliz 2018 - Amamos Cafés

Então, nesse espaço, vamos poder compartilhar mais detalhes sobre nossas experiências, visitas e tudo mais que esteja relacionado ao nosso “life style” dos cafés especiais.

Portanto, esperamos que gostem e aproveitem conosco essa incrível jornada.

E que em 2018 possamos saborear muitos cafezinhos, feliz ano novo!

Cafés Especiais: Conheça a nossa História

Muitos seguidores nos perguntam como começou nossa história com os Cafés Especiais. E, por isso, resolvemos atender aos pedidos e escrever esse post. E você, também quer saber? Voilà!

1 – Início da nossa história
Nossa história com os cafés especiais começou quando sentimos a necessidade de consumir um café de maior qualidade, pois o convencional estava nos fazendo mal, literalmente. E agradecemos muito por isso ter acontecido, pois nos serviu de estímulo!

2 – Próximo passo
E para isso acontecer, tínhamos que pesquisar para saber onde encontrar cafés de qualidade superior. Após consultar a internet e também pessoas, encontramos uma “luz no fim do túnel”.

Sim, e essa luz se chama Starbucks. Começamos comprando todos os cafés que eles comercializavam na época e pedíamos para moer, afinal, ainda estávamos começando nesse mundo fantástico dos Cafés Especiais.

Nossa, que mudança. A sensação foi incrível, pois além do sabor ser completamente diferente, não nos fez mal. Mas tinha um detalhe que ainda nos incomodava: açúcar.

3 – Sem açúcar
Ainda adoçávamos o café, mas queríamos sentir ainda mais as notas sensoriais dos cafés. Dito isso, resolvemos partir para mais uma mudança. Mas qual? Diminuir o açúcar aos poucos para acostumar o paladar.

Foi difícil no começo, mais aos poucos, acredite, o paladar se acostuma. Tanto que conseguimos diminuir até, finalmente, parar. Ficamos muito satisfeitos, pois, a partir daquele momento, iríamos sentir ainda mais as diferenças entre os diversos cafés que comprávamos.

4 – Evolução
Nesse meio tempo, já estávamos equipando nossa casa com acessórios que nos auxiliavam-no preparo dos cafés em diferentes métodos, como: cafeteira Nespresso, cafeteira italiana, prensa francesa, V60 e mais! E claro, sempre visitando cafeterias que trabalhavam com cafés especiais e participando de workshops.

Mais mudanças? Sim, com o conhecimento que estávamos adquirindo, resolvemos que a gente queria comprar café direto do pequeno e médio produtor. E essa experiência, além de bacana, ainda ajuda a cultura dos cafés especiais se desenvolver ainda mais.

5 – Conclusão

Bom, resumimos um pouco da nossa história com os Cafés Especiais. Nós amamos provar cafés diariamente, aprender, conhecer pessoas e, principalmente, colaborar para difundir ainda mais a cultura dos Cafés Especiais. Afinal, nada mais justo do que sabermos a origem do café que estamos bebendo, né?

Rick e Aline
Um casal apaixonado por cafés compartilhando experiências
1 9 10 11 12 13